Entenda o que significam as palavras DVR e Nuvem, e quais são os principais pontos que as diferenciam.

O mundo é sem dúvida um lugar de evolução, constantemente os seres humanos aperfeiçoam seus estudos para aprimorar as tecnologias e assim, criar soluções para determinados problemas ou situações.

A nuvem ou “ambiente on-line” chegou no Brasil nos anos 2000, ganhou força a partir de 2008 e hoje auxilia aparelhos com usabilidades mais limitadas, como os DVRs.

Você sabe quais as diferenças entre DVR e a nuvem?

Nesse conteúdo vamos explicar de uma vez por todas, quais as diferenças entre essas duas engenharias que estão presentes na área de segurança eletrônica.

O que é o DVR?

DVR é a sigla da palavra em inglês Digital Video Recorder, ou em português Gravador de vídeo digital. Como o nome já diz, ele é um sistema de gravação de vídeo utilizado no monitoramento de CFTV (Circuito Fechado de TV), em substituição aos antigos gravadores analógicos com fitas VHS.

É no DVR que ficam armazenadas as imagens de segurança no antigo modelo de monitoramento, seja de residências, empresas ou qualquer ambiente que tenha vigilância através de câmeras.

O que é a nuvem?

Nuvem é um termo aplicado para se referir a uma rede global de servidores remotos que são responsáveis por armazenar e gerenciar dados, executar aplicativos e diversas outras funções, tudo de maneira on-line. Ou seja, as informações estão disponíveis para você a em qualquer lugar ou hora.

E quais as diferenças entre DVR e nuvem?

Funcionalidade Nuvem DVR
Acesso Através de smartphone, notebook ou tablet. Apenas acessando o aparelho físico no local ou na central de monitoramento.
Mobilidade Informações disponíveis a onde você estiver. Informações disponíveis apenas no local onde o aparelho estiver ou na central de monitoramento.
Compartilhamento Compartilhamento rápido através de link ou envio on-line. Compartilhamento não disponível.
Infraestrutura Sem cabos, fibra ou servidor físico. Necessário cabeamentos e servidor físico para armazenar as imagens.
Escalabilidade Possível ampliar um serviço para mais clientes finais, sem limite de acesso. Serviço disponível apenas para um único cliente final que adquiriu o aparelho.
Segurança das informações Informações criptografadas e inacessíveis fisicamente. Informações acessíveis fisicamente no aparelho DVR e passivas de furto.
Armazenamento Capacidade de armazenamento de acordo com a necessidade do cliente. Capacidade máxima de armazenamento de 2 Terabyte. (Em média)
Backup Backup automático Necessário integrações via FTP, softwares ou NVR.
Recuperação de dados Recuperação de dados automática e acessível. Uma vez perdidas as informações, não há como recuperá-las.

Essas são só algumas das diferenças entre essas duas ferramentas tão aplicadas ao monitoramento de segurança eletrônica. O DVR teve seu momento e veio como uma novidade, quando foi lançado. Agora, a nuvem chegou, se estabeleceu e contribui para que o segmento de CFTV esteja cada vez mais atualizado.

Agora que você entenda na teoria a diferença entre a Nuvem e o DVR, que tal entender na prática? CLIQUE AQUI!

Use os dados abaixo, para se conectar: 

Usuário: visitante@vivendoseguro.com.br
Senha: visitante@vs2018

Disponível também, nas versões iOs e Android, pelo aplicativo iACam. Clique no botão correspondente, à sua plataforma!

Deixe um comentário